Importância da fertilidade do solo na produtividade agrícola

Fertilidade do solo: aumente a produtividade agrícola

Índice

Apesar de requerer cuidados especiais, aumentar a produtividade agrícola na lavoura não é tão complicado quanto parece. Nesse caso, a fertilidade do solo é um importante fator a se observar na plantação.

Mas, por que a fertilidade do solo é tão essencial para o desenvolvimento das plantas? Quais aspectos influenciam em um solo fértil? E, como nutri-lo? 

A resposta para todas essas perguntas, entre diversas outras, você descobre a seguir. Então, acompanhe este post para ficar por dentro de todos os detalhes sobre o tema. 

Por que manter a fertilidade do solo é tão importante?

A fertilidade do solo cumpre uma função vital para as plantas cultivadas em terra. É em um solo fértil que a planta absorve os seus principais recursos para conseguir crescer saudável.

Desse modo, ao dizer que temos um solo fértil para determinado plantio, significa que esse solo oferece todos os minerais, ou grande parte deles, e demais nutrientes necessários para o desenvolvimento da planta.

Entretanto, se o solo está infértil, certamente será quase impossível fazer uma planta se desenvolver nessa condição. Afinal, um solo pobre em nutrientes não é capaz de suprir as necessidades que a planta precisa para o seu crescimento.

Algumas características podem ser observadas quando se trata de fertilidade do solo, ou seja:

  • Características físicas: que se referem às condições físicas do solo atreladas a sua formação. É um processo que reúne fatores, como a ação do tempo, clima e topografia;
  • Características químicas: relacionam-se à composição química do solo e envolvem principalmente a água e os minerais (nitrogênio, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, etc);
  • Características biológicas: tratam-se da presença de organismos vivos no solo, como as minhocas, fungos, bactérias, protozoários e até mesmo as plantas.

A relação entre essas três vertentes na composição do solo determina o seu nível de fertilidade bem como a capacidade de armazenar e disponibilizar os nutrientes para a demanda de uma planta.

Análise da fertilidade do solo na lavoura 

Quando se fala na importância da fertilidade do solo, não tem como deixar de lado a análise dele. Só analisando o solo para saber se ele está saudável e, ainda mais, se possibilita o cultivo de vegetais.

Por meio do estudo de amostras do solo, é possível verificar quais os nutrientes presentes, avaliar possíveis deficiências nutricionais, identificar pragas e muito mais.

Ou seja, a análise do solo é indispensável para quem planeja aumentar a produtividade agrícola.

A nutrição adequada para a fertilidade do solo

Uma das perguntas mais comuns entre produtores que estão começando a sua lavoura é: como nutrir o solo da forma correta?

A verdade é que a resposta para essa pergunta é: depende! É preciso levar em conta não apenas os fatores atuais sobre a fertilidade do solo, mas também as reais demandas da planta.

Acontece que, às vezes, um solo pode ter um nutriente em excesso, e isso pode ser prejudicial a uma planta. Ou, por outro lado, o solo pode ter muito de outros nutrientes, mas faltar algum que seja específico.

Nesse caso, a recomendação para o agricultor é analisar uma alternativa equilibrada para nutrir o plantio. Para isso, a escolha de um fertilizante orgânico ou sintético ajuda na reparação nutricional da fertilidade do solo. 

Com a diversidade de tipos de solo, textura e cultura a ser aplicada, aderir a um fertilizante agrícola ou composto orgânico é a melhor solução para garantir a nutrição do solo. Isso, desde que o insumo seja adequado ao solo em questão.

Cuidados com patógenos e presença de elementos tóxicos 

Manter um solo fértil para elevar a sua capacidade produtiva no campo, também significa ficar atento a aspectos patogênicos e elementos tóxicos.

Na agricultura, patógenos são aqueles microrganismos com o poder de adoecer o solo e também as plantas. 

Uma infestação de fungos patogênicos, por exemplo, pode comprometer toda a plantação se não for tratada a tempo. Por isso, tomar ações preventivas – como o uso de defensivos agrícolas – nos cuidados do solo, é imprescindível para proteger a plantação.

Por outro lado, elementos não vivos, mas que ainda assim podem desfavorecer a fertilidade do solo, são os metais ou minerais tóxicos em excesso.

A alta taxa de toxidez do solo pode comprometer a fertilidade do solo e ocasionar disfunções no crescimento das plantas.

Conclusão 

A fertilidade do solo é crucial para a viabilidade das plantas, especialmente na agricultura. Para aumentar a produtividade nas lavouras, é sempre importante fazer análises mais detalhadas, assegurar a nutrição do solo e ainda ter um olhar mais cuidadoso quanto à prevenção de patógenos. 

Ao se aprofundar mais nesse tema, você conseguirá produzir cada vez mais e melhor. Aliás, quando o assunto é fertilidade dos solos, a Agriconline é o lugar certo para você aprender com especialistas.
Quer se capacitar no agro e começar a estudar ainda hoje? Conheça o nosso catálogo de cursos profissionalizantes com uma variedade de opções para alavancar a sua carreira no Agronegócio!

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
karina
karina