Como melhorar o sistema radicular das plantas: veja cuidados

Sistema radicular das plantas: cuidados para melhorar

Índice

Nutrir o solo, comprar os melhores fertilizantes, ver técnicas especiais de cultivo, enfim, você está cansado de tentar de tudo e a sua planta não se desenvolve? Talvez um detalhe esteja passando despercebido: os cuidados com o sistema radicular das plantas.

As características físicas e químicas de uma planta, especialmente na agricultura, afetam diretamente a sua produtividade. É por isso que manter olhos abertos ao sistema radicular das plantas faz toda a diferença.

Mas calma, a sua plantação ainda pode ter solução. No post de hoje, confira mais sobre o que é um sistema radicular e o que fazer para melhorar o das suas plantas. Continue a leitura!

O que é o sistema radicular das plantas?

O sistema radicular das plantas, de modo figurado, é como uma ponte que conecta as plantas com o solo. Dessa forma, para que a planta absorva a água e os nutrientes do solo, esse sistema precisa estar bem desenvolvido.

Imagine que de um lado temos a planta e do outro um solo cheio de nutrientes do qual ela precisa. Se essa “ponte” está frágil, provavelmente ela não será capaz de absorver o que precisa de maneira adequada e eficiente.

Então, o que influencia na qualidade do sistema radicular das plantas? Basicamente, dois fatores, ou seja:

  • Propriedades físicas: a densidade da compactação e porosidade do solo é um importante ponto para permitir o crescimento ideal da planta;
  • Propriedades químicas: o teor de nutrientes adequado, bem como a distribuição deste para a planta, possui um papel essencial no seu desenvolvimento. Porém, a presença de elementos tóxicos no ambiente podem prejudicar a saúde da planta.

Veja também: Tecnologia Agrícola – como aumentar a produtividade na lavoura

Como melhorar o sistema radicular das plantas

Diferentes fatores impactam na eficiência do sistema radicular das plantas. Por essa questão, além de se atentar a alguns cuidados específicos, também é importante manter a periodicidade desses tratamentos.

A seguir, confira algumas  dicas de como melhorar o sistema radicular!

Realize a manutenção periódica do solo

A manutenção periódica e análise do solo é um aspecto crucial para o sistema radicular. Isso porque é preciso garantir não apenas a nutrição dele, mas observar se a densidade e a porosidade estão favoráveis ao crescimento das raízes das plantas.

Se o solo está muito compacto, provavelmente isso irá dificultar o crescimento da raiz ou, na pior das hipóteses, impedir esse desenvolvimento. Fora que, a alta densidade também pode prejudicar a respiração aeróbica realizada pelas raízes. 

Diante disso, realizar um acompanhamento periódico para analisar a compactação do solo, entre outras características, é indispensável.

Além do mais, a porosidade interfere na mobilidade dos nutrientes. Um solo muito poroso para uma planta que absorve lentamente os nutrientes, por exemplo, pode ser um fator negativo. Afinal, quanto mais poroso é o solo, mais rápido os recursos são infiltrados.

Observe o enraizamento da planta

As raízes são vitais para o desenvolvimento de plantações. Esse órgão vegetal é responsável pela absorção de água e nutrientes, armazenamento de energia e muito mais.

Observar o estado das raízes, assim como a qualidade do ambiente para elas, é fundamental. Desse modo, é válido conferir se as raízes estão estruturadas para conseguir absorver os macro e micronutrientes devidamente. 

Se a raiz estiver muito suspensa ou profunda demais, a depender do seu funcionamento, essa característica pode influenciar na desnutrição da planta. Contudo, aqui vale avaliar a primeira dica para saber se o enraizamento da planta não está sendo prejudicado pelo estado do solo.

Elimine elementos tóxicos para o sistema radicular

Sem dúvidas, a alta concentração de elementos tóxicos no plantio pode adoecer ou até mesmo acabar de vez com o cultivo. Para o sistema radicular das plantas, a toxidez de alguns elementos pode bloquear a absorção de determinados nutrientes.

É o caso da elevada quantidade de alumínio no solo que, em muitos casos, favorece a deficiência nutricional das plantas por dificultar a absorção de sais minerais e demais elementos essenciais.

Para melhorar o funcionamento do sistema radicular, considere analisar a toxicidade do solo para a lavoura.

Analise o fertilizante ideal

A escolha do fertilizante ideal é excepcional na hora de promover o desenvolvimento saudável do sistema radicular das plantas. No entanto, isso não se deve apenas à reposição do nutriente. 

O fertilizante também precisa ter níveis de salinidade suportáveis para a lavoura, caso contrário, a alta salinidade impacta na sobrevivência das plantas.

Nessa perspectiva, a queima das raízes gera um problema atrás do outro para o crescimento da planta. Primeiro, ela fica vulnerável a organismos prejudiciais no solo, então começa a adoecer com a combinação da falta de nutrientes que não consegue absorver. 

O cloreto de potássio, por exemplo, está entre os nutrientes com maior índice salino, contendo cerca de 116%.

Conclusão 

Ao conferir neste artigo algumas informações relevantes e dicas para melhorar o sistema radicular das plantas, fica mais fácil de impulsionar a produtividade da sua lavoura.

Gostaria de conferir mais materiais gratuitos como este? Acompanhe o nosso blog para ficar por dentro de todas as dicas para alcançar a excelência nas suas lavouras. 
Quer se capacitar aprendendo com experts no assunto? Então, conheça mais sobre a Agriconline, maior plataforma de cursos profissionalizantes em agronegócio do Brasil.

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Daniel Vilar
Daniel Vilar
Engenheiro Agrônomo especialista em Gestão do Agronegócio e Produtor de Conteúdo na AgricOnline