Man holds remote controller with his hands while copter is flying on background. Drone hovers behind the pilot in wheat field. No face. Agricultural new technologies and innovations concept

Tecnologia Agrícola: Como Aumentar a Produtividade na Lavoura

Índice

Você, estudante de agronomia ou produtor rural, está em busca de maneiras de aumentar a produtividade na lavoura?

Sabemos que é fundamental obter resultados cada vez melhores para obter sucesso em seu negócio. Neste guia, vamos explorar como a tecnologia agrícola pode ser uma aliada para aumentar a produtividade na lavoura e, assim, gerar mais lucros.

Antes de entrarmos nos detalhes, é importante destacar que o uso da tecnologia agrícola não se resume apenas ao uso de equipamentos avançados.

Ela abrange um conjunto de técnicas e ferramentas que podem ser aplicadas em diferentes etapas do processo produtivo, desde o plantio até a colheita.

Ao seguir com a leitura deste guia, você vai aprender:

  • Como a tecnologia agrícola pode aumentar a produtividade na lavoura;
  • As principais tecnologias utilizadas no campo;
  • Como escolher a tecnologia certa para sua lavoura;
  • Os benefícios de investir em tecnologia agrícola.

Tecnologia Agrícola: O Que é e Como Funciona

A tecnologia agrícola é a aplicação de técnicas e ferramentas avançadas para otimizar o processo produtivo e aumentar a produtividade na lavoura. Isso envolve o uso de equipamentos e máquinas avançadas, bem como a utilização de softwares e aplicativos específicos para o setor agrícola.

No entanto, a tecnologia agrícola também abrange outras práticas, como o manejo adequado do solo e das plantas, o controle de pragas e doenças e a aplicação correta de insumos agrícolas.

Como Aumentar a Produtividade na Lavoura Utilizando Tecnologia

Agora que você já sabe o que é tecnologia agrícola, é hora de aprender como ela pode ser aplicada para aumentar a produtividade na lavoura. Confira algumas das principais tecnologias utilizadas no campo:

GPS Agrícola

Com a ajuda de um receptor GPS, é possível obter informações precisas sobre a localização e a movimentação dos equipamentos agrícolas. Isso permite uma melhor gestão da lavoura, evitando desperdícios e aumentando a eficiência do processo produtivo.

Existem muitos exemplos de GPS agrícola no mercado atual, aqui estão alguns: Trimble GPS, John Deere AutoTrac, Ag Leader Technology, Raven Industries, Topcon Agriculture e Case IH Advanced Farming Systems.

Esses são apenas alguns exemplos de GPS agrícola disponíveis no mercado, e cada um oferece diferentes recursos e benefícios para os agricultores.

Drones Agrícolas

Os drones são uma ferramenta cada vez mais utilizada no campo, pois permitem um monitoramento mais preciso da lavoura. Com esses equipamentos, é possível obter imagens aéreas da plantação e analisar as condições da cultura em tempo real. Isso permite que o produtor identifique eventuais problemas com mais rapidez e possa tomar as medidas necessárias para corrigi-los.

Existem muitos exemplos de drones agrícolas no mercado atual, aqui estão alguns:

Monitoramento

  1. Intel Falcon 8+ UAV: O Intel Falcon 8+ UAV é um drone agrícola projetado para mapeamento de culturas e monitoramento de saúde das plantas. Ele é capaz de capturar imagens de alta resolução de até 1,3 hectares por voo.
  2. DJI Mavic 2 Enterprise Dual: O DJI Mavic 2 Enterprise Dual é um drone agrícola projetado para monitoramento térmico de culturas e detecção de incêndios. Ele é capaz de capturar imagens de alta resolução de até 1,2 hectares por voo.

Pulverização

  1. DJI Agras MG-1: O DJI Agras MG-1 é um drone especialmente projetado para pulverização de culturas. Ele é capaz de pulverizar até 7-10 hectares de culturas por hora.
  2. DJI Agras T20: O DJI Agras T20 é um drone projetado especificamente para pulverização de culturas. Ele é capaz de pulverizar até 24 acres por hora com sua capacidade de carga de 20 litros.
  3. XAG P30: O XAG P30 é um drone agrícola que pode pulverizar até 6 hectares por hora. Ele usa um sistema de navegação por satélite para navegar e um sistema de sensor para detectar a posição de plantas e pulverizar apenas onde é necessário.

Esses são apenas alguns exemplos de drones agrícolas disponíveis no mercado, e cada um oferece diferentes recursos e benefícios para os agricultores.

Utilize softwares de gerenciamento

A tecnologia tem trazido uma série de inovações para o campo, e os softwares de gerenciamento são um exemplo disso. Essas ferramentas permitem monitorar toda a produção agrícola, desde o plantio até a colheita, de forma automatizada e organizada.

Com a ajuda de um software de gestão, é possível controlar o uso de insumos, o fluxo de caixa e a logística da colheita, por exemplo. Isso permite uma maior eficiência na gestão da propriedade, possibilitando a tomada de decisões mais acertadas.

Aqui estão alguns exemplos de softwares de gerenciamento agrícola:

  • Aegro: O Aegro é um software de gerenciamento agrícola brasileiro que ajuda os agricultores a gerenciar suas operações de forma mais eficiente. Ele fornece ferramentas para gerenciamento financeiro, planejamento de culturas e monitoramento de safras.
  • Agrosmart: O Agrosmart é um software de gerenciamento agrícola brasileiro que usa tecnologias como IoT e Big Data para fornecer informações precisas sobre as condições do campo. Ele ajuda os agricultores a tomar decisões informadas sobre irrigação, fertilização e colheita.
  • Farmbox: O Farmbox é um software de gerenciamento agrícola brasileiro que ajuda os agricultores a gerenciar suas operações de forma mais eficiente. Ele fornece ferramentas para monitoramento de campo, planejamento de culturas e gerenciamento financeiro.
  • Siagri: O Siagri é um software de gerenciamento agrícola brasileiro que ajuda os agricultores a gerenciar suas operações de forma mais eficiente. Ele fornece ferramentas para gerenciamento financeiro, planejamento de culturas e monitoramento de safras.

Esses são apenas alguns exemplos de softwares de gerenciamento agrícola brasileiros disponíveis no mercado, e cada um oferece diferentes recursos e benefícios para os agricultores.

Invista em máquinas agrícolas modernas

As máquinas agrícolas também evoluíram muito com o avanço da tecnologia, e investir em equipamentos modernos pode ser uma excelente maneira de aumentar a produtividade na lavoura.

As máquinas de plantio, por exemplo, podem ser equipadas com sensores e sistemas de GPS que permitem uma precisão muito maior na hora de fazer as linhas de plantio. Já as colheitadeiras podem ser equipadas com tecnologias que permitem a separação automática de grãos e a limpeza do produto, otimizando o processo de colheita.

Aposte na irrigação inteligente

A irrigação é um dos fatores mais importantes para garantir uma boa produtividade na lavoura, e a tecnologia pode ajudar nesse sentido. Os sistemas de irrigação inteligente permitem um controle muito mais preciso da quantidade de água fornecida às plantas, evitando desperdícios e garantindo um uso mais eficiente dos recursos hídricos.

A irrigação inteligente é uma abordagem para o manejo da irrigação que utiliza tecnologias avançadas para otimizar o uso da água, aumentar a eficiência da irrigação e maximizar o rendimento das culturas.

Aqui estão algumas etapas para implementar a irrigação inteligente na agricultura:

  • Monitore as condições do solo: O primeiro passo para implementar a irrigação inteligente é monitorar as condições do solo. Isso pode ser feito com sensores de umidade do solo que fornecem informações precisas sobre a quantidade de água disponível para as plantas.
  • Use tecnologia de sensoriamento remoto: A tecnologia de sensoriamento remoto, como imagens de satélite e drones, pode ser usada para monitorar as condições das culturas e identificar áreas que precisam de irrigação.
  • Utilize a análise de dados: A análise de dados pode ser usada para identificar padrões e tendências no uso da água e no rendimento das culturas. Isso pode ajudar os agricultores a tomar decisões informadas sobre quando e quanto irrigar.
  • Use sistemas de irrigação de alta eficiência: Sistemas de irrigação de alta eficiência, como gotejamento e microaspersão, são capazes de fornecer água diretamente às raízes das plantas, minimizando o desperdício de água e aumentando a eficiência da irrigação.
  • Implemente a automação da irrigação: A automação da irrigação pode ser usada para controlar automaticamente a quantidade de água fornecida às plantas com base nas condições do solo e do clima. Isso pode reduzir a necessidade de intervenção humana e aumentar a eficiência da irrigação.
  • Considere o uso de técnicas de irrigação de precisão: Técnicas de irrigação de precisão, como a irrigação por zonas ou a irrigação por demanda, podem ser usadas para fornecer água de forma mais precisa às plantas, levando em conta suas necessidades específicas.

Ao implementar a irrigação inteligente, os agricultores podem economizar água, reduzir os custos de irrigação e aumentar o rendimento das culturas.

Invista em biotecnologia

A biotecnologia é uma área que tem se desenvolvido muito nos últimos anos, e pode ser uma grande aliada na busca por maior produtividade na lavoura.

Com técnicas de melhoramento genético, é possível obter plantas mais resistentes a doenças e pragas, com maior capacidade de absorção de nutrientes e maior produtividade. As técnicas da biotecnologia podem ser usadas para uma ampla variedade de fins, como:

  1. Melhoramento genético: A biotecnologia pode ser usada para desenvolver variedades de plantas e animais com características desejáveis, como maior resistência a pragas e doenças, maior produtividade, melhor qualidade de alimento e melhor adaptabilidade a diferentes condições climáticas.
  2. Produção de alimentos: A biotecnologia pode ser usada para produzir alimentos de forma mais eficiente e sustentável. Por exemplo, a engenharia genética pode ser usada para desenvolver plantas que requerem menos água ou nutrientes para crescer, ou para desenvolver animais que crescem mais rapidamente e exigem menos alimento para produzir carne e leite.
  3. Controle de pragas e doenças: A biotecnologia pode ser usada para desenvolver pesticidas e herbicidas mais eficazes, ou para criar plantas e animais que são naturalmente resistentes a pragas e doenças.
  4. Biocombustíveis: A biotecnologia pode ser usada para desenvolver plantas que produzem biocombustíveis de forma mais eficiente e sustentável, ajudando a reduzir a dependência de combustíveis fósseis.
  5. Conservação da biodiversidade: A biotecnologia pode ser usada para preservar espécies e variedades de plantas e animais que estão ameaçadas de extinção, através de técnicas como a criopreservação e a clonagem.

A biotecnologia pode ser uma ferramenta valiosa para melhorar a produtividade e a sustentabilidade da agricultura, bem como para ajudar a enfrentar os desafios da segurança alimentar e da mudança climática.

Conclusão

A tecnologia agrícola tem sido uma grande aliada dos produtores rurais na busca por aumentar a produtividade na lavoura. Com o uso de máquinas e equipamentos modernos, agricultores podem reduzir custos e aumentar a eficiência da produção.

Além disso, a agricultura de precisão e outras tecnologias avançadas permitem coletar dados precisos e tomar decisões mais estratégicas para o negócio.

Para os estudantes de agronomia e produtores rurais que desejam aumentar sua produtividade, é fundamental estar atualizado sobre as últimas tecnologias disponíveis no mercado.

A plataforma AgricOnline oferece diversos cursos online sobre tecnologia agrícola e produção, que podem ajudar a aprimorar o conhecimento e garantir melhores resultados na lavoura.

Não perca a oportunidade de se capacitar e melhorar sua produção.

Acesse agora mesmo a plataforma e confira os cursos disponíveis!

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Daniel Vilar
Daniel Vilar
Engenheiro Agrônomo especialista em Gestão do Agronegócio e Produtor de Conteúdo na AgricOnline